Técnica desenvolvida por cientistas pode prolongar a funcionalidade de órgãos após a morte

Técnica desenvolvida por cientistas pode prolongar a funcionalidade de órgãos após a morte