Os abusos contra a menina de 12 anos eram cometidos dentro de casa; prisão preventiva foi decretada após denúncias.

Um policial militar, de 46 anos, foi preso em Cardoso Moreira, no Noroeste Fluminense, por abusar sexualmente da própria filha, de apenas 12 anos.

Os abusos aconteciam na casa da família, no bairro Cachoeiro.

O militar foi encontrado no destacamento da PM em São Joaquim, distrito de Cardoso Moreira, enquanto trabalhava no último fim de semana.

Segundo a Polícia Civil, o crime chocou a população da cidade de 12 mil habitantes. A Polícia Civil de Italva, cidade vizinha a Cardoso Moreira, recebeu várias denúncias sobre o abuso e já vinha investigando o militar desde o início da última semana.

O PM foi autuado por estupro de vulnerável.

Em nota a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que uma equipe do Batalhão de Itaperuna participou da prisão do policial da mesma unidade, que um procedimento apuratório já foi instaurado no Batalhão e o militar encontra-se preso na Unidade Prisional da PM.

Veja outras notícias da região no G1 Norte Fluminense.